Iniciam as obras de restauro do Casarão Amália Noll

Iniciaram na manhã desta segunda-feira as obras de restauração do Casarão Amália Noll, localizado no município de Feliz. A iniciativa contribuirá para a preservação de uma edificação histórica construída no século XIX, que será a sede da Biblioteca Municipal após a conclusão das obras.

A proposta pretende fomentar o turismo cultural na região, além de disponibilizar um espaço público para uso da comunidade. Quem assina o projeto é a Escaiola Arquitetura Rara, empresa com experiência de 9 anos na área da restauração e preservação de prédios históricos. A iniciativa é possível devido aos recursos de empresas que investiram no projeto aprovado via Lei de Incentivo à Cultura estadual.

Na semana passada, a prefeitura de Feliz realizou uma coletiva de imprensa para apresentar a obra para a comunidade. “Feliz necessita de mais espaços públicos. O custo benefício do restauro deste imóvel vem ao encontro de uma gestão preocupada com uma boa aplicação dos recursos públicos, uma vez que 90% do valor da obra foi destinado por empresas”, destacou Cleber Schütz, secretário de Desenvolvimento.

O casarão é um dos poucos remanescentes da arquitetura oriunda dos tempos de imigração na área urbana de Feliz e é tombado como patrimônio histórico do município. Construída pelo imigrante Sebastian Ruschel no século XIX, a edificação foi adquirida por Amália Noll, que passou para o imaginário popular da cidade de Feliz como uma pioneira do empreendedorismo cultural na região no início do século 20.

O restauro do Casarão Amália Noll é um projeto viabilizado por meio do sistema Pró-Cultura/Lei de Incentivo à Cultura – LIC/RS (Lei n° 13490/2010). A iniciativa tem patrocínio da Fibraform Indústria de Embalagens Plásticas, Malharia Anselmi, Vinícola Don Guerino, LB Comércio de Cereais, Lauro Weber Agrícola e Grupo K1.

Begin typing your search term above and press enter to search. Press ESC to cancel.

Back To Top